Projeto Valorizar é Conhecer – Conhecendo Novas Obras e Autores Nacionais

É com imensa satisfação que lhes apresento o nosso primeiro Projeto de 2017! Ele surgiu de uma necessidade nossa de querer conhecer cada vez mais nossa literatura e, dependendo da qualidade, divulgá-la e propagá-la, tendo em vista que a Literatura Nacional ainda não é tão reconhecida nem valorizada. Além do fato de termos percebido que, em 2016, lemos muito mais livros estrangeiros do que nacionais; E queremos reverter este quadro.

Para simplificar, citando as nobres palavras do escritor e jornalista João Ubaldo Ribeiro:

Você vai ler, por exemplo, o suplemento de cultura dos jornais de hoje e encontra artigos sofisticadíssimos sobre James Joyce, escritor irlandês. Tem gente que sabe o nome de todas as ruas de Dublin, sabe passagens do Ulisses de cor. Você encontra essa intimidade com os Beatles e com uma série de coisas. Agora, intimidade com o passado português/brasileiro pouca gente tem. O sujeito é capaz de dizer o nome de todas as ruas do centro de Dublin, mas é incapaz de dizer o nome de uma rua do centro de uma cidade brasileira qualquer. Nós não temos respeito por nós mesmos. Nós não nos achamos bons. Hoje, os autores jovens, os autores que os jovens lêem e os autores que são vendidos no Brasil são todos americanos, de auto-ajuda. É difícil. Agora, está começando a haver certo interesse pelo cinema nacional. Mas antes nem o cinema despertava o interesse. Porque nós não somos glamurosos. Nós queremos ser americanos ou qualquer coisa assim. Inglês é mais bonito que português. A vida lá é melhor do que aqui. Acho que não damos valor ao que temos aqui. Ninguém pensa, por exemplo, em prêmio Nobel de Literatura para autor brasileiro. Quero me referir a prêmio Nobel que o Brasil já mereceu muitas vezes em várias áreas. Por que Oswaldo Cruz não ganhou o Nobel? Porque Vital Brasil não ganhou o Nobel? Porque o professor Carlos Chagas não ganhou o Nobel? Muita gente que fez menos pela saúde da humanidade já ganhou esse prêmio. Mas nós nem pensamos que devíamos ter ganhado com homens extraordinários desse porte. Para não falar em literatura também. Por que Jorge Amado não ganhou o Nobel, se tanta gente ganhou? Ah, Jorge Amado não é bom o suficiente. Bom é um escritor que escreve em uma língua esdrúxula a respeito de problemas que nós nem enfrentamos, problemas especiais. Esta é uma opinião idiossincrática, mas não conheço coisa mais chata que a maioria dos filmes de Bergman. No entanto, fomos criados para gostar daquele negócio e ficamos com remorso quando não gostamos e, habitualmente, mentimos quando saímos do filme sobre aquela chatice sueca inominável. Este é um problema nosso: nós não somos nada. Ou somos uma porção de besteiras: o melhor futebol do mundo, o melhor arquiteto do mundo, o melhor piloto do mundo. É verdade que a ignorância tem contribuído para que a nossa língua se empobreça. Mas nossa língua não é ruim, nossa literatura não é ruim, nós não somos ruins. Nós temos um autodesprezo muito disseminado.

Vamos conhecer os autores maravilhosos que estão participando do projeto?! 😉

Edson Germinio

edsonautor

Edson Germinio é um poeta, escritor, pintor e desenhista Pernambucano, nascido em 13 de março de 1996, na cidade de Jataúba. Mudou-se para Belo Horizonte, ingressando no curso de Cinema de Animação e Artes Digitais da UFMG, com o principal objetivo de aplicar suas obras de terror e tragédia na arte. Foi desde a infância apaixonado por leitura e principalmente por contar histórias de terror, muitas delas envolvendo o folclore popular de um modo mais sombrio e grotesco. Seus autores favoritos são Machado de Assis, Álvares de Azevedo e Edgar Allan Poe. Começou a escrever contos e poemas, inspirado pela segunda geração do romantismo: o mal do século, e pela literatura fantástica brasileira e americana. Maior parte dos seus escritos ambientam o Nordeste Brasileiro pelos séculos XVIII e XIX, revelando quão sinistros eram os fatos que nessa época ocorriam pelos lugares esquecidos e cercados pela vegetação morta. É comum encontrar sempre um amor doentio e a consequência disso pelas suas letras. Romances macabros, paranoia de atos malditos consumados e amores com fins terríveis são o resumo de suas notas. Por essa razão, os gêneros mais explorados em suas obras são o mistério, horror, terror, a ficção científica e o romance gótico. Contato com o autor: edson.silvagerminio@gmail.com

Gislaine Oliveira

13557825_1013170872137134_5924959197137316426_n

Gislaine Oliveira é uma gaúcha nascida em outubro de 1993. Essa garota viu na literatura uma forma de salvar o mundo. Não apenas dos dragões ou das bruxas malvadas, mas também de todos os estereótipos e preconceitos presentes na sociedade. Desde que ela descobriu isso, vem lutando para proteger o mundo através das palavras. É autora de “Os Sonhos de Rita”, “Justa Causa”, “Se eu fosse a Cinderela” e seu mais novo lançamento: “A Vadia”. Também possui contos disponíveis na Amazon, como “Ju Gu” e “Excesso de Amor”. Mantém o Blog Profissão Escritor. Contato com a autora: profissaoescritor@gmail.com

Judie Castilho

judieautora

Judie Castilho viveu a infância na pequena cidade de Cambuci, no interior do estado do Rio de Janeiro. Na adolescência, mudou-se para Niterói, região metropolitana do Rio, cidade onde passou a maior parte de sua vida, casou-se e teve seu filho, Nícolas. Desde criança, sempre gostou de fantasias e passava longos períodos criando e desenvolvendo em sua mente histórias das mais diversas, com mundos fantásticos e seres imaginários. Há alguns anos, uma destas histórias começou a visitar seu imaginário com uma frequência bem maior que o normal. Quanto mais ela tentava resistir a ela, mais e mais ela insistia em visitá-la. Tanto ela insistiu que Judie desistiu de resistir, e pôs-se a escrevê-la. E assim nasceu ‘O BEIJO DA MORTE” o primeiro livro da saga ‘SOB A LUZ DAS GALÁXIAS’. O livro O BEIJO DA MORTE foi lançado em dezembro pela Chiado Editora. O segundo livro da saga, “À SOMBRA DO PERIGO” também já está disponível na Amazon, e o terceiro estará disponível em breve. Contato com a autora: judiecastilho@gmail.com

Karen Alvares

14291854_10157505840635650_2613191824334927283_n

Karen Alvares conta histórias para o papel há tanto tempo que nem lembra quando começou. Autora da duologia Inverso (Draco, 2015) e Reverso (Draco, 2016), Jornada para Far Lands – uma aventura não oficial de Minecraft (Draco, 2016), Alameda dos Pesadelos (Cata-vento, 2014) e Dois Lados, Duas Vidas (Cata-vento, 2015), também organizou a antologia Piratas (Cata-vento, 2015) e foi publicada em várias antologias de contos da Editora Andross, Draco e Buriti, além de publicações independentes e revistas. É colunista no blog literário Por Essas Páginas e foi premiada em diversos concursos nacionais, entre eles o “Celebrando Autores Independentes” da Amazon na Bienal do Livro São Paulo, em 2016, quando ganhou o 3.º lugar como autora destaque de ficção. Apaixonada por mundos fantásticos, chocolate e gatinhos, vive em Santos/SP com o marido e cria histórias enquanto pedala sua bicicleta pela cidade. Mantém o Blog Eu, Papel e Palavras. Contato com a autora: kvs.alvares@gmail.com

Lilian Farias

lilianautora

Lilian Farias é autora dos livros O Céu é Logo Ali; Mulheres Que Não Sabem Chorar e Desconectada. Em seus livros ela aborda temas como sexualidade, liberdade, amor, preconceito, homossexualidade, violência sexual, alcoolismo e Filosofia Biocêntrica. A escritora mantém um blog literário, Poesia na alma, e está sempre bem informada sobre questões sociais que acontecem em nosso país. Além disso, é Colunista da Revista Divas, Consultora e Educadora Social. Defensora da tese de que todos são diferentes e merecem ser tratados com equidade, ela adora escrever sobre temas que incomodam e não tem medo do preconceito. Trabalha no movimento social e acredita que a educação é capaz de trazer mudanças significativas ao país. Contato com a autora: mulheresquenaosabemchorar@hotmail.com

Lucinei M. Campos

lucineiautor

Nascido em 16 de outubro de 1983, Lucinei M. Campos é um jovem professor e escritor de alma e profissão. Carioca, foi criado nas ruas da Maré, um dos maiores complexos de favelas do Rio. Formou-se em História e se especializou em História da África e da Diáspora Africana no Brasil. Divide sua carreira de escritor lecionando na rede pública estadual de ensino local para jovens, adolescentes e pré-adolescentes. Atua no mercado literário como autor independente, sendo conhecido como o Mago Branco, devido à fantasia de um dos personagens de seus livros, que utiliza em suas apresentações. Além da série Lavínia, acaba de lançar o romance juvenil Violeta não Sabe Amar, sua primeira obra no formato digital. Devido a sua ligação com o universo escolar, os livros têm sido adotados como paradidáticos em turmas dos ensinos fundamental e médio de escolas públicas e particulares do Rio, se encaminhando para serem distribuídos em outros estados. Contato com o autor: livro.lavinia@gmail.com

Márcio Muniz

14354942_1456219997725843_7929414055667902377_n3

Márcio Muniz, carioca, 39 anos. Bacharel em administração, pós graduado em gestão de pessoas e gestão de projetos. Autor dos livros “Vida e verso em prosa” (poesias) e “Encontros com o amor” (contos) e “Amor, somente amor” (romance). Participação nas antologias “Café com poesia” (poesia); “Entrelaços” (poesia); “Sombras e desejos” (contos sensuais e sobrenaturais); “Contos de um natal sem Luz” (drama), “Vida e verso” (poesia); “Clímax – Faça-me chegar lá” (contos eróticos); “Palavras do Brasil” (poesia); “Rede de palavras” (contos); “Eu, você e o amor” (contos); “Faces não reveladas” (poesia); “Mulheres e meninas” (crônica); Contos secretos (sobre os 7 pecados capitais); Mosaicos (poesias); Meu lado sombrio (terror); Segunda guerra mundial – Memórias e fragmentos; Perdoe-me (dramas familiares); Por trás das grades – Contos da prisão. Um dos fundadores do trio poético “Poetas sem nome”; Entrevistado pelo programa Cotidiano da rede de TV NGT; participação nas Bienais do livro de Volta Redonda e Rio de Janeiro(2015); Participação na FLIR (Feira do livro de Resende) 2015 e 2016; Participação com uma poesia na exposição “Poesia agora”, exposta no segundo semestre de 2015 no Museu da língua portuguesa (SP); Poesias divulgadas nas rádios Sarau e Web Radio Livre (BRA) e Além Fronteiras (POR). Ocupante da cadeira nº 133 da Academia Luminescência Brasileira (ALUBRA); Embaixador imortal da academia virtual de letras, artes e cultura Embaixada da poesia. Colunista da revista Contos e Letras. Antologista em dois livros. Escritores Malditos – Melhores contos e crônicas e Grandes Poetas do século XXI. Em setembro de 2016 participou do III encontro de poetas da língua portuguesa. Contato com o autor: augustomarcio@hotmail.com

Michelle Paranhos

michelleparanhosautora

Michelle Paranhos, Carioca da zona norte do Rio de janeiro, bairro da Tijuca; Sensível e idealista, ela lê para trabalhar e dedica-se intensamente às fases de pesquisa para novos livros e nos momentos de lazer, lê  para se divertir! Ouvir música é outra paixão, desde clássica ao rock. Em 2011 começou a escrever sem nenhuma pretensão para a página que criou no Facebook; Entrelinhas: Arte, Opinião & Poesia. Em 2014 escreveu seu primeiro romance, Ponto de Ressonância e em 2015 lançou Mulato Velho. Já participou de Festivais Literários e ganhou prêmios também neste meio, além de receber o titulo de cidadão Seropedicense por incentivos culturais no município onde reside e cria os três filhos. Em 2016 lançou o romance biográfico Coisas de Lorena. Possui histórias no Wattpad e atua como coadministradora do site Arca Literária (Blog Literário). Organizadora do evento mensal, online, para o site Arca Literária, chamado Círculo do Livro do Arca. Também mantém o Blog pessoal Café Literatura, onde fala de resenhas, livros e filmes. Contato com a autora: michellelouiseparanhos@gmail.com

Michelle Pereira

michellepereiraautora

Michelle Pereira é Mineira, nerd, designer gráfico, viciada em livros de fantasia e ficção científica e adora inventar histórias em seu tempo livre. Começou a escrever aos 14 anos, mas terminou apenas uma história, que foi perdida com o tempo. Anos depois começou a se interessar mais e mais por livros e hoje tem uma boa coleção. Ela é autora de Guardião do Medo e de O demônio no campanário (história que está sendo publicada no Wattpad), além de ter participado da antologia Criaturas do Submundo com o conto Sob o deserto e o sangue. Contato com a autora: mickymsn@hotmail.com

Nicole Chaves

nicolechavesautora

Nicole Chaves tem 28 anos, nasceu em São Paulo, mas mora em Fortaleza. Seu amor por histórias é desde criança, sempre tendo uma mente criativa para imaginar um mundo fora do comum. Depois de muitos livros e ideias, ela criou uma metodologia para escrever seus livros: The 29 Chapters. Assim, ela uniu as duas coisas que ama, gestão e escrita. Escreveu seu primeiro livro em 2014, mas só iniciou a publicar no Wattpad em 2015. Ano passado, lançou seus dois primeiros livros oficiais,”Sinfonia Agridoce” e “Caindo na Real”, na Amazon. O primeiro fala sobre uma garota que desperta ao escutar uma música e busca respostas de quem é a garota misteriosa que sempre vê ao acordar. Enquanto o segundo fala sobre os desafios de uma garota ao descobrir que sua mãe está com uma doença terminal e seu pai está vivo. Mantém o Blog Nicole Chaves Ecritora. Contato com a autora: contato@chavesnicole.com

P. M. Mariano

priscilaautora

Priscila Marcia Mariano é Paulistana, nascida em 03/10/1960 e aos dez anos se mudou em definitivo para o Rio de Janeiro, onde mora até hoje. Carioca de coração e vive hoje em São Pedro da Serra, Nova Friburgo. É formada em Enfermagem e exerceu sua profissão até pouco tempo, mas sua vida é escrever, o que faz desde os dez anos. Tem três livros publicados e alguns na Amazon, Clube dos Autores e Wattpad. São eles: A luz e a Escuridão (Clube dos Autores e Wattpad); Rino, o guerreiro alado (Amazon e Editora Biblioteca 24×7); Um Mistério na Serra do Mar (Amazon); Lolita (conto no Amazon); Uma Lágrima pela vida (Clube dos Autores), Guerra entre Mundos (Clube dos Autores): O Cavaleiro das Sombras (Clube dos Autores). Sempre escreveu Ficção/Fantasia. Mas em 2011 começou a escrever um romance dramático: A Saga de um Pintor. São quatro volumes e o primeiro foi publicado ano passado pela Drago Editorial, 2016. O nome do livro é Inocência Perdida e o segundo volume, Doce Ilusão, já está em processo de publicação.

Esses foram os participantes! Fiquem ligados pois em breve teremos resenhas e entrevistas bem legais, e vocês ainda verão o nome deles muitas vezes por aqui! 😉

livro3-1


Também é autor e tem interesse em participar do Projeto? É simples: basta entrar em contato conosco, através do email Carvalhomarcela2016@gmail.com ou Blogdevaneiosdalua@gmail.com

Anúncios

34 comentários sobre “Projeto Valorizar é Conhecer – Conhecendo Novas Obras e Autores Nacionais

    • Oi Lunna!
      Temos que valorizar o que é nosso, não é? Temos diversos talentos ainda por explorar, você deve saber bem, por trabalhar com a nossa Literatura!
      É um trabalho maravilhoso. ❤

      Muito obrigada pela visita e carinho, em breve teremos mais novidades! 😉

      Um beijo!

      Curtir

  1. Pingback: #EntrevistandoAutores – Lilian Farias

  2. Pingback: #EntrevistandoAutores – Márcio Muniz

  3. Pingback: #EntrevistandoAutores – Karen Alvares

  4. Pingback: #EntrevistandoAutores – Michelle Paranhos | Devaneios da Lua

  5. Pingback: #EntrevistandoAutores – Nicole Chaves | Devaneios da Lua

  6. Pingback: #EntrevistandoAutores – Judie Castilho | Devaneios da Lua

  7. Pingback: #EntrevistandoAutores – P. M. Mariano | Devaneios da Lua

  8. Pingback: #EntrevistandoAutores – Lucinei M. Campos (O Mago Branco) | Devaneios da Lua

  9. Pingback: #EntrevistandoAutores – Lucinei M. Campos (O Mago Branco) | | QG dos Blogueiros

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s