O poder de escrever – #DiadoEscritor (25/07)

Que tal comemorar o Dia Nacional do Escritor (data instituída em 1960 pela União Brasileira de Escritores, para homenagear os escritores nacionais e a produção literária no Brasil) com muita poesia e textos sobre o poder de escrever e, claro, sobre o nosso principal instrumento de trabalho: as palavras!

arianosuassunafrase

O poder de escrever

“Por que escreves poesia?”
— Sinceramente, não sei…
Talvez seja um modo de expelir essa agonia.

Meus versos são de quem lê
De quem sente!
De quem têm a capacidade de entender
O poder de escrever.

“Escreves por amor?”
— Não!
“Então seria por ódio?”
— Também não!
Eu lírico impessoal
Intransitivo
E sentimental.

Vivo para escrever
Mas quem me dera um dia
Escrever para viver.

— Alasca Young e Luna Baker.

As palavras

Têm palavras embaralhadas, confusas
Desajeitadas
Que expressam sem pudor
A felicidade e a dor
De um amor.

Outras são rebuscadas
Bem elaboradas, formalizadas
Difíceis de pronunciar
Mas que encantam o coração
Dando (tamanha) inspiração.

Tem também a abreviação…
Facilitando assim
O uso de cada expressão
Tornando mais simples a comunicação.

O que dizer das palavras…?
Que possuem grande poder
De persuadir e expressar
Através delas ganhamos…
A liberdade de criar
A imaginação soltar
E diversas histórias para contar…

— Alasca Young e Luna Baker.

DIADOESCRITOR