Muito prazer, eu!

olhando

Estou farta desse mundo de máscaras
De pessoas carregadas de achismos e vazias de certezas
Tenho nojo de pensamento pequeno
Eu não quero saber quanto você carrega no bolso
Estou interessada naquilo que há em seu coração
Cantadas infundadas me dão sono
E rosas…
Bom, não entendo o que flores mortas me acrescentariam
Quero sorrisos marotos
Olhares intensos
E um bom livro numa tarde chuvosa
O entretenimento barato da TV não me distrai!
Eu quero mais!
Desejo a essência
Não o superficial
Ainda acredito em amor verdadeiro
Aliás, pasmem:
Tenho esperança no mundo
Sou noturna
Minha melhor amiga é a lua
E possuo as palavras como minhas companheiras de todas as horas
O simples me encanta
E a poesia guia a minha vida.

— Alasca Young, 08/06/2016

Anúncios