Mulher negra

Um poema, feminismo e algumas palavras sobre o empoderamento da mulher negra:

 

capamulhernegrapost.jpg

 

Não me imponha padrões
Não me venha com moreninha
Nem me peça para o cabelo alisar
E uma determinada roupa usar
Não sou sua bonequinha

Não escolha minha profissão
Tenho decisão!
Abro as pernas
Abro o livro
E não preciso de sua opinião
A mente é minha
O corpo é meu
E disso não abro mão

Essa é minha essência
Minhas exigências
E para os seus padrões
Eu digo: NÃO!

− Alasca Young e Luna Baker, 18/09/2015.

Anúncios